Portal da Cidade Maricá

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Maricá inaugura nova sede do CRAS

Nova unidade do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) foi erguido no localidade de Santa Paula e deve atender aproximadamente 5 mil famílias

Postado em 30/07/2020 às 16:00

O atendimento também vai abranger a região de Cassorotiba, Calaboca e Spar. (Foto: Anselmo Mourão)

Uma nova unidade do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) foi inaugurada nesta quinta-feira (30/07) em Santa Paula, ao lado do posto de saúde do bairro e da Escola Municipal Vereador Osdevaldo Marins da Matta.

O espaço montado com uso de módulos passa a atender a cerca de 5 mil famílias que, além de Santa Paula, moram em Cassorotiba, Spar e Calaboca, e que antes tinham de ir até Inoã.

Serão 8 profissionais (dois psicólogos, dois assistentes sociais e quatro técnicos) oferecendo atendimento psicossocial, encaminhamentos e inscrição no CADUnico federal, que possibilita benefícios como Bolsa Família e tarifa social de energia elétrica.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, o CRAS Santa Paula começa a atender através de agendamento feito pelo telefone 97630-9619.

“Quando for possível, também teremos atendimento em grupo e visitas domiciliares. Mas já estamos disponibilizando esta porta de entrada dos serviços de assistência social”, ressaltou a coordenadora Maria Dolores Gobbi.

Para a secretária de Assistência Social de Maricá, Laura Vieira da Costa, a proximidade é um ganho para os moradores.

“Além de distante, era até perigoso para muita gente ter de ir a Inoã, porque era preciso atravessar a rodovia. Outro aspecto importante é o fato de estarmos abrindo este equipamento público”, observou ela, reforçando outras unidades do CRAS que forem abertas terão esse mesmo modelo.

Alguns usuários dos serviços do CRAS participaram da inauguração e também ressaltaram a vantagem de estar agora dentro do bairro.

“Para mim foi muito bom vir para cá, pois é um lugar onde resolvo muita coisa. Eu e minha família tiramos documentos e fomos muito bem atendidos pela equipe”, contou a dona de casa Elisabeth da Silva, de 40 anos, que mora com outras seis pessoas onde todas recebem atendimento.

Por sua vez, Arlete Soares Costa mora sozinha e disse que também vai procurar os serviços da nova unidade.

“Quero falar com a assistente social, para mim que vivo sozinha é ótimo. O espaço ficou lindo também, vai ser bom para todos”, afirmou.


Fonte:

Receba as notícias de Maricá no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário