Portal da Cidade Maricá

FEIRA VIRTUAL

Indígena de Maricá expõe e vende sua arte na internet

Artesã da aldeia Mata Verde Bonita participou de feira virtual de arte e moda voltada ao segmento

Postado em 28/05/2020 às 07:42

Luciana Parapoty, de 26 anos, é indígena Guarani da Aldeia Mata Verde Bonita, em Maricá. (Foto: Giovanna Pires / G1)

Luciana Parapoty, de 26 anos, é indígena Guarani da Aldeia Mata Verde Bonita, em Maricá, na Região dos Lagos do Rio, e encontrou na internet uma forma de comercializar as peças de artesanato que produz, já que, desde o início da pandemia, a aldeia dela está fechada para turistas, que são os principais comprados das obras da artesã.

No último fim de semana, Luciana foi uma dos indígenas convidados para participar de uma feira online para venda de produtos artesanais.

“A comunidade ficou se perguntando, ‘e agora, como é que a gente vai fazer para vender os nossos produtos? Então eu aceitei o convite’”, contou Luciana.

A ação aconteceu por meio de lives e foi realizada por um coletivo de marcas da capital, que criou uma edição voltada a arte e moda indígena para valorizar a cultura nativa brasileira.

Foi a primeira vez que a artesã se apresentou pela internet e, apesar do nervosismo, ela gostou da experiência “no começo eu fiquei com medo, mas foi tudo muito tranquilo. Gostei muito. Foi uma primeira experiência pra próximas”, disse a indígena.

A idealizadora da feira é Marina Carneiro. A empresária decidiu abrir uma janela para um mercado, que, na opinião dela, tem grande potencial “é uma forma da gente dar oportunidade a novos produtores. É uma parceria que eu tenho certeza que será promissora”, comentou a empresária.

Fonte:

Receba as notícias de Maricá no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário