Portal da Cidade Maricá

SUSPENSÃO

Aulas continuarão suspensas na rede pública de Maricá

Reabertura das escolas acompanhará determinação estadual e ainda segue sem previsão de retorno

Postado em 03/06/2020 às 21:00 |

A previsão de reabertura dependerá do posicionamento dos órgãos sanitários. (Foto: Evelen Gouvêa / PMM)

A Prefeitura de Maricá começará a retomar, de forma gradual, as atividades do município nesta quinta-feira, 04/06.

Mas, apesar disso, as escolas da rede pública do município permanecerão fechadas, como afirmou o prefeito Fabiano Horta, durante a live nesta terça-feira (02/06) nas redes sociais da Prefeitura.

De acordo com a secretária de Educação, Adriana Costa, a retomada das atividades não depende só de Maricá. "A gente precisa acompanhar o Estado do Rio e os demais estados. Até agora o estado optou por não reabrir, o que achamos corretíssimo. Não temos uma previsão de reabertura, vamos aguardar qual vai ser a determinação estadual e seguir", explicou.

A não reabertura das escolas, ainda de acordo com a secretária, segue também uma determinação do ato do presidente da Mesa do Congresso Nacional, n° 42 de 27/05/2020, que estabelece normas excepcionais sobre o ano letivo da educação básica e do ensino superior.

O ato determina a prorrogação da suspensão das aulas da educação básica e da educação superior pelo período de sessenta dias. A previsão de reabertura dependerá do posicionamento dos órgãos sanitários.

Todas as secretarias adaptaram às suas atividades com a chegada da pandemia da Covid-19.

A Secretaria de Educação continua disponibilizando, com a entrega das cestas básicas e kits de limpeza nas escolas, o material impresso para que os alunos possam fazer atividades em casa.

Além disso, cada aluno recebe também uma senha no ato da entrega do benefício para acessar uma plataforma onde a pasta disponibiliza diversas atividades escolares.

Para a advogada Jeane Lopes, de 44 anos, que tem dois filhos, Ana Julia Lopes, 12, e Luiz Lopes, 9, matriculados na Escola Municipal Barra de Zacarias, a iniciativa de enviar os exercícios impressos para a casa dos alunos foi a melhor solução.

"Meus filhos têm se adaptado perfeitamente às atividades propostas. Com certeza, pelo meu trabalho ser por meios eletrônicos, ficou mais fácil dar suporte a eles. Criamos um horário de estudo, uma rotina diária, dividindo assim, o lazer, o estudo e meu trabalho. As ferramentas disponibilizadas, a dedicação que tenho visto dos envolvidos, como os professores, para que cada criança consiga se enquadrar, está sendo elogiável", comentou.  

Fonte:

Receba as notícias de Maricá no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário